Receba as postagens deste blog

7.8.10

RETROCEDER NUNCA, RENDER-SE JAMAIS


“A coragem de um líder é demonstrada quando ele está disposto a enfrentar fatos e condições desagradáveis, e até devastadoras, com equanimidade e firmeza. A sua coragem não é coisa de momento, mas continua até que a tarefa seja feita.” J. Oswald Sanders
‘’Quando os nazistas levaram os comunistas, eu calei-me, porque, afinal, eu não era comunista. Quando eles prenderam os sociais-democratas, eu calei-me, porque, afinal, eu não era social-democrata. Quando eles levaram os sindicalistas, eu não protestei, porque, afinal eu não era sindicalista. Quando levaram os judeus, eu não protestei, porque, afinal, eu não era judeu. Quando eles me levaram, não havia mais quem protestasse.’’ Martin Niemoller
O mais importante porta-voz da resistência protestante ao Nazismo na Alemanha, foi o pastor luterano alemão e oficial naval Martin Niemoller(1892-1984), que escreveu um dos poemas mais célebres intitulado “E não sobrou ninguém”. Sua ordenação foi em 1931 na Igreja de Santa Ana em Dahlen, subúrbio de Berlim. Em 1966 foi condecorado com Prêmio Lênin da Paz e reconhecido como um dos mais proeminentes líderes que resistiram aos abusos e controles estatais nazistas sobre as igrejas protestantes durante o regime nacionalista de Adolf Hitler. Creio que a democracia no Brasil sofre atualmente sérias ameaças. E a Igreja Cristã também. Pense nisso.
Apesar dos números do IBGE revelarem um crescimento vertiginoso da população evangélica no Brasil, precisamos reconhecer também que a hostilidade e a ‘’cristianofobia’’ tem aumentado assustadoramente em solo brasileiro. Éramos 13,3 milhões em 1991, e quase 20 anos depois seremos em torno de 50 milhões em 2010. Estima-se que 50% da população brasileira em 2020 poderá ser evangélica. Apesar de sermos conhecidos mundialmente como um país cristão, onde também todos os credos são respeitados, é preciso reconhecer que essa tolerância está sendo seriamente ameaçada. Em outras partes do mundo, onde o cristianismo não é a religião predominante, a perseguição aos cristãos tem levado centenas e milhares de fies à morte. Até quando a democracia brasileira tolerará a fé cristã nesse país? Qual será o futuro religioso da nossa nação? Pense nisso.

Por exemplo, está em andamento um movimento maciço de fechamento de igrejas na Holanda. Estima-se que nos próximos dez anos 25% das igrejas locais holandesas desaparecerão. O ministério Portas Abertas da Holanda que investiga a perseguição religiosa mundial fez uma advertência especial aos cristãos holandeses, em especial aos protestantes: “Preparem-se para uma era de perseguição”. Segundo a organização é improvável que a intolerância religiosa fique limitada aos cristãos que vivem fora da Holanda.A perseguição está chegando aos países livres.

Talvez possa arriscar dizer, que nunca na história de nosso país, a moral, os valores e os princípios, pilares eternos de uma sociedade, foram tão hostilizados. Posso dizer ainda, que talvez nunca em nosso país, a liberdade religiosa, de expressão e de culto da igreja cristã foram tão ameaçados. Aliás, o Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3), da Secretaria Especial dos Direitos Humanos e a PL 122/06, a chamada ‘’Lei contra a Homofobia’’ revelam o abuso que a sociedade está prestes a sofrer. É hora da Igreja agir, reagir e mostrar no poder do Espírito Santo que “ ....as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” Mt 16.18 . Aleluia! E você, meu amigo(a), o que tem feito em favor da liberdade de culto nesse país? Temos atualmente muitos críticos “evangélicos”, mas poucos profetas de Deus nesse país. Será que Ele pode contar contigo para ser uma voz profética da resistência protestante nessa nação? Creio que os olhos do Senhor nosso Deus procuram os corajosos, “....porém, aos covardes....e a todos os mentirosos, a parte que lhes cabe será no lago que arde com fogo e enxofre, a saber, a segunda morte”. Ap 21.8

Admiro a coragem moral e espiritual de Leonard Ravenhill, pregador avivalista, quando diz: “Minha maior ambição na vida é estar na lista de mais procurados pelo Diabo”. Definitivamente, a Igreja de Cristo em nosso país precisa sair do seu coma espiritual. Meus irmãos, não é hora de fomentar divisões, disputas ou competições denominacionais, que são uma verdadeira vergonha no Corpo de Cristo. Ao contrário disso, é hora de todo o Povo de Deus agir, reagir e resistir! Pois, a Igreja é e será sempre resistência nessa nação. Aleluia! Ele espera por você! “Em Deus faremos proezas...”

No amor de Cristo,
Pastor M. Price
www.mprice.com.br
Missionário e médico. Presidente do Diretório Estadual no RJ e Conselheiro Nacional da Sociedade Bíblica do Brasil. Membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário