Receba as postagens deste blog

15.12.13

OS DANOS DA PROPOSTA DO NOVO CÓDIGO PENAL COMO O GOVERNO BRASILEIRO QUER QUE SEJA APROVADO



"Os senadores responsáveis pela Reforma do Código estão usando de subterfúgios para ocultar a verdadeira revolução que o Código irá trazer". 

O site do Senado vem divulgando informações equivocadas quanto à verdade sobre o Projeto para o Novo Código Penal.

A criminalização da não aceitação da IDEOLOGIA DO GÊNERO se encontra na proposta do Novo Código Penal, inclusive enquanto "crime contra a humanidade":

MANDE HOJE MESMO UM EMAIL AOS SENADORES DA COMISSÃO PARA A REFORMA DO CÓDIGO PENAL.

TELEFONE PARA ELES.

EXPLIQUEM-LHES COMO O PROJETO É RUIM E  COMO ELE FOI FEITO E ESTÁ SENDO IMPOSTO APRESSADAMENTE AOS BRASILEIROS.

UM PROJETO DE CÓDIGO PENAL NÃO PODE SER EXAMINADO APRESSADAMENTE APENAS POR ALGUNS SENADORES.

PEÇAM AOS SENADORES QUE REMOVAM DO PROJETO DE CÓDIGO PENAL:

[1] AS REFERÊNCIAS À IDENTIDADE DE GÊNERO E ORIENTAÇÃO SEXUAL;

[2] A LEGALIZAÇÃO DO ABORTO;

[3] A LEGALIZAÇÃO DA VENDA DE SUBSTÂNCIAS ABORTIVAS;

[4] A DESPENALIZAÇÃO DO HOMICÍDIO CULPOSO ENTRE PARENTES; 

[5] A DESPENALIZAÇÃO DO ATENTADO PÚBLICO AO PUDOR;

[6] A DESPENALIZAÇÃO DAS RELAÇÕES SEXUAIS COM CRIANÇAS/INÍCIO DA ADOLESCÊNCIA;

[7] A PRODUÇÃO DE DROGAS PARA USO PRÓPRIO;

PEÇA PARA OS SENADORES ATENTAREM PARA:
[1] As penas quanto à  fauna e flora, pois a natureza não é mais importante que a vida humana; 
[2] Que os crimes contra a vida não prescrevam.

 A NÃO APROVAÇÃO DO NOVO CÓDIGO PENAL DO JEITO QUE SE ENCONTRA!

DIVULGUE ESTA MENSAGEM ENQUANTO HÁ TEMPO.

TELEFONE PARA OS SENADORES DO SEU ESTADO, ESPECIALMENTE PARA  O RELATOR PEDRO TAQUES-MT,  E EXPLIQUE OS SEUS MOTIVOS:

E-MAILS DE TODOS OS SENADORES:



====================================================

E-MAILS DOS SENADORES D DA COMISSÃO DA REFORMA DO CÓDIGO PENAL

====================================================


====================================================

SEN. JORGE VIANA (PT/AC)

(61) 3303-6366 e 3303-6367

(61) 3303-6374


____________________________________________________

SEN. PEDRO TAQUES (PDT/MT)

(61) 3303-6550 e 3303-6551

(61) 3303-6554


____________________________________________________

SEN. LÍDICE DA MATA (PSB/BA)

(61) 3303-6408/ 3303-6417

(61) 3303-6414


____________________________________________________

SEN. EUNÍCIO OLIVEIRA (PMDB/CE)

(61) 3303-6245

(61) 3303-6253


____________________________________________________

SEN. RICARDO FERRAÇO (PMDB/ES)

(61) 3303-6590

(61) 3303-6592


____________________________________________________

SEN. BENEDITO DE LIRA (PP/AL)

(61) 3303-6148 / 6151

(61) 3303-6152


____________________________________________________

SEN. ALOYSIO NUNES FERREIRA (PSDB/SP)

(61) 3303-6063/6064

(61) 3303-6071


____________________________________________________

SEN. CÍCERO LUCENA (PSDB/PB)

(61) 3303-5800 5805

(61) 3303-5809


____________________________________________________

SEN. MAGNO MALTA (PR/ES)

(61) 3303-4161/5867

(61) 3303-1656


____________________________________________________

SEN. ARMANDO MONTEIRO (PTB/PE)

(61) 3303 6124 e 3303 6125

(61) 3303 6132


____________________________________________________

SUPLENTES

____________________________________________________

SEN. EDUARDO SUPLICY (PT/SP)

(61) 3303-3213/2817/2818

(61) 3303-2816


____________________________________________________

SEN. JOSÉ PIMENTEL (PT/CE)

(61) 3303-6390 /6391

(61) 3303-6394


____________________________________________________

SEN. ANA RITA (PT/ES)

(61) 3303-1129

(61) 3303-1974


____________________________________________________

SEN. SÉRGIO SOUZA (PMDB/PR)

(61) 3303-6271/ 6261

(61) 3303-6273


____________________________________________________

SEN. VITAL DO RÊGO (PMDB/PB)

(61) 3303-6747

(61) 3303-6753



EMBORA JURISTAS TENHAM DESQUALIFICADO A PROPOSTA PARA O NOVO CÓDIGO PENAL, GOVERNO BRASILEIRO INSISTE EM MANTÊ-LO SEM AS ALTERAÇÕES PROPOSTAS. VEJA UMA CRÍTICAS DE UM JURISTA:




VEJA O RELATÓRIO DO SENADOR PEDRO TAQUES-MT: 


MAIORES INFORMAÇÕES SOBRE A NOVA PROPOSTA DO PNE E DO NOVO CÓDIGO PENAL:




Nenhum comentário:

Postar um comentário