Receba as postagens deste blog

25.7.09

AS ADESÕES AO ABAIXO-ASSINADO SÃO CONSTANTES

Desde o dia em que foi divulgado o abaixo-assinado em apoio a Rozangela Justino, não param de chegar e-mails solidários, telefonemas de pessoas amigas e muitos declarando que as suas igrejas tomaram a iniciativa de veicular o abaixo-assinado em suas reuniões!

Diversos psicólogos, médicos, psiquiatras, advogados, donas de casa, pastores e diversos outros profissionais têm participado do abaixo assinado que se encontra on line no site da ABRACEH: www.abraceh.org.br - embaixo do menu do lado esquerdo do site.

Se você deseja veiculá-lo em sua instituição copie o enunciado e reproduza-o. Envie o máximo de páginas, o mais rápido possível para a CAIXA POSTAL 106.075 – Niterói – RJ CEP 24.230-970

ABAIXO-ASSINADO

Considerando os termos dos Arts. 3º, IV; 4º, II; e 5º, IV, V, VI, VII, VIII, IX, X, XIII, XIV, XV, XVI, XVII, XVIII da Constituição da República Federativa do Brasil, promulgada em 5 de outubro de 1988, que nos assegura o direito de:
a) PENSAR (liberdade de consciência);
b) EXPOR NOSSAS IDÉIAS (liberdade de expressão, intelectual e científica);
c) ASSOCIAR PARA APOIAR OS QUE QUEREM SER APOIADOS (liberdade de atuar e/ou fornecer informações à sociedade).

É que abaixo assinamos em apoio à psicóloga Rozangela Alves Justino, CRP 05/4917, para que continue a incluir em seu atendimento profissional, também as pessoas que voluntariamente desejam deixar a atração pelo mesmo sexo e a realizar trabalhos preventivos, de forma a garantir este direito humano e constitucional. A psicóloga Rozangela Alves Justino prometeu e vem cumprindo o seu juramento quando da colação de grau que por meio do seu exercício profissional contribuiria para o desenvolvimento da Psicologia como ciência e profissão na direção das demandas da sociedade, promovendo saúde e qualidade de vida a cada sujeito e a todos os cidadãos e instituições cumprindo todos os princípios fundamentais e artigos que envolvem a sua responsabilidade segundo o seu Código de Ética Profissional.
NOME - PROFISSÃO - DOCUMENTO

Crie quantas linhas couberem numa folha. No Word em forma de paisagem cabem 25 assinaturas.

No mais, só nos resta pedir a Deus para fazer a parte que não está ao nosso alcance, pois dELE vem a palavra final!

11 comentários:

  1. Olá, Rozangela.

    O seu blog foi selecionado por mim para receber o selo “Vale a Pena Ficar de Olho Neste Blog”.

    Além de demonstrar carinho e reconhecimento, a escolha foi feita com bastante cuidado e critério, visando fortalecer a possibilidade dos internautas navegarem por sites e blogs evangélicos, acessarem conteúdos cristãos de boa qualidade.

    A campanha também é rastreada pelo Google e sites similares. Todos os blogs participantes vão às páginas deles. Isto faz com que as nossas mensagens alcance uma distância maior. Se falamos de Jesus, o nome dEle alcançará mais almas. Este é o meu objetivo e deve ser o seu também.

    Veja as regras para validar o selo em meu blog.

    Abraço.

    Eliseu Antonio Gomes
    http://belverede.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo trabalho que vem realizando para o Reino de Deus !!!
    Ele vai te honrar!!!

    ResponderExcluir
  3. Anônimo12:58 PM

    Dra. Rozangela Justino se a senhora sabe utilizar uma técnica ou abordagem psicoterapêutica eficaz tem mais é que fazer uso da mesma em seus trabalhos com pacientes ou clientes, isso sim é que é Ciência com Total profissionalismo.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo1:32 PM

    Olá Rozangela,

    Não só assinei como encaminhei o abaixo-assinado a todos os meus contatos que saberiam entender e apoiar esta causa.

    Posso confirmar que já vi, pessoalmente, ocorrer ameaça bem semelhante a uma profissional de Curitiba. Esta psicóloga foi advertida apenas por ter respondido, em uma entrevista, que se uma criança fosse criada por dois homens ou duas mulheres, estaria privada do referencial mais direto de um dos sexos (coisa mais do que evidente). Uma pessoa homossexual que se sentiu ofendida ao ler a entrevista (não se sabe o motivo da ofensa, afinal em nenhum momento foram citados nomes ou houve tratamento desrespeitoso), deu queixa e esta entrevista precisou ser retirada da internet para que a profissional pudesse continuar a trabalhar em paz.

    Acho que já está mais do que na hora de nos pronunciarmos contra estes abusos! Não é nem questão de religião, é defender a liberdade da pessoa humana.

    Abraços,
    Danielle Marangon Jung

    ResponderExcluir
  5. Minha filha você está absolutamente correta e não está sozinha. Estamos juntos pela moral e pelos bons costumes. Nosso Senhor Jesus Cristo e sua santíssima e gloriosíssima Mãe não nos abandonarão. Por fim, o Imaculado Coração de Maria há de triunfar. Bem vinda à guerra.
    Pe. José Cássio Marinho.

    ResponderExcluir
  6. Vania Quintão9:20 PM

    Conte com o nosso apoio!!!

    ResponderExcluir
  7. Anônimo9:35 AM

    Rozangela,

    Graça e Paz.
    amada Irmã em Cristo, creia que Deus te esconderá sobre a rocha que é JESUS e ficarás no oculto, seta alguma te alcançará em Nome de JESUS.

    Estamos orando por vc!!

    Roberto & Jovani Nascimento

    ResponderExcluir
  8. Mario5:13 PM

    Assinado!!! Abaixo a GAYSTAPO!!! PAZ e FORÇA!!! DEUS ESTÁ A SEU LADO!!!

    Mario

    ResponderExcluir
  9. Não to mandei Eu? Esforça-te e tem bom ânimo. Não pasmes, nem te espantes, porque o Senhor teu Deus é contigo por onde quer que andares. Josué 1:9

    Rozangela, sou médico neurologista no MT, cristão evangélico e estudante de teologia. Gostaria de manifestar meu apoio a sua causa e ajudá-la a divulgar seu abaixo-assinado.
    Estarei em oração por você.

    Renato Gama - CRM/ MT 4217

    ResponderExcluir
  10. Anônimo2:28 PM

    É o início do fim dos tempos!!! Quem lê a Bíblia sabe do que estou falando. Pois bem, é fato o que estão a fazer, não os julgo porque DEUS irá julgá-los(as). Mas, como membro de uma sociedade que se diz "moderna", preciso me manter de pé, com a espada na mão direita e o escudo na mão esquerda. Mesmo que ao ser atacado, por tão vil perseguidor, não esboce nenhuma reação voluntária.

    É bem visível o que estão a fazer as certas classes. É interessante a observação que fazemos, no tocante ao direito das classes dita “menos favorecida”. A pregação que estão fazendo é que, todos aqueles que não fazem parte dessas, sejam prejudicados. O direito dos homossexuais tem colocado em situação desfavorecida, a heterossexualidade, ou seja, ninguém pode levantar esta bandeira, porque estará sendo “HOMOFÓBICO”, como pode uma situação dessas chegar a esse ponto. Será que precisamos deixar de ser heteros, porque os homossexuais resolveram sair do “armário”? e a liberdade de ir e vir deste país, não é levada em consideração. Tudo bem que o congresso esteja uma “nhaca”, por causa de certos “neros” e “calígulas”, mas, ainda existem muitos e muitas que ainda zelam pela livre expressão.

    Não é possível prejudicar uma classe em beneficio de outra. Temos que aprender a conviver, de uma forma mais branda possível. Não é justo condenar os homossexuais por suas opções, nem tampouco, os heteros pelas suas. Mas colocar-se a disposição, de pessoas que querem uma mudança, e estão lutando para isso, não é condenar, muito menos querer atacar a classe dos homossexuais.

    ResponderExcluir
  11. Anônimo2:02 AM

    Tive oportunidade de ler a matéria na revista Veja sobre a atuação desta psicóloga, e como homossexual me indignei com a atitude destes que querem agarrar a causa homossexual como se fosse a coisa mais normal do mundo. Muito do que ela disse é 100% certo, convivi com muitos gays e ambientes gays e posso dizer de certeza que a maioria não vive um comportamento sadio e normal como os heterossexuais, existe no meio muitas parafilias sexuais, prostituição e promiscuidade, até alguns amigos meus que se achavam "certinhos" notei que são instáveis, traem seus namorados e vivem caindo de cama em cama. Não acho justo em uma democracia como a nossa a Dra. Rozangela ser impedida de atuar em sua profissão, já que temos direito de desejar o que quisermos pela Constituição, e até de deixar de ser gay se quisermos. Ser gay não é genético é uma opção sexual, sabe por que os militantes gays se revoltam? Por que além de quererem que morram junto no mesmo barco que eles, querem que os gays mais contidos correspondam a doutrina deles, e concordo sim, essa militância gay que é mundial, tem realmente contornos nazistas.

    ResponderExcluir