Receba as postagens deste blog

6.6.11

BOMBEIROS ACAMPADOS NA ALERJ SÓ SAIRÃO QUANDO PRESOS FOREM SOLTOS

Bombeiros acampados na Alerj só sairão quando presos forem soltos
Fonte: http://www.sidneyrezende.com/noticia/133488
Laura Machado
Rio+
06/06/2011 17h30

Cerca de 300 bombeiros protestam em frente à Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro pela liberdade dos 439 bombeiros presos na manhã do último sábado depois de invadirem o Quartel Central no Centro da cidade. Os trabalhadores disseram ao SRZD que só pretendem sair do local quando todos foram libertados. Parantes de algumas das pessoas presas também se manifestam no local. Além das barracas que estão do lado de fora, algumas estão sendo montadas dentro do prédio da Alerj.
Um dos bombeiros apresentou uma faixa em inglês para protestar contra os baixos salários. Ele disse que é para alertar os turistas, e informou que um grupo de bombeiros de Nova York chegará estama semana ao Rio para ajudar os colegas de profissão brasileiros. Gilberto Caravalho estava no dia da invasão ao quartel central. "Decidi fazer essa faixa para mostrar para os turistas o que estamos sofrendo. Queremos expor o movimento para outros países", disse.

Mãe diz que filho é herói e não bandido

Em meio aos cartazes e aos gritos de protesto, muitos parentes dos bombeiros presos no sábado estão no local. Jussara França é mãe de um cabo de 21 anos, que exerce a profissão desde o 18, seguindo o ofício do pai. "Ele é um trabalhador e não merece isso. Entrou nos bombeiros por amor. É um universitário, carinhoso", afrimou, portando um cartaz que diz que seu filho é herói, e não bandido.

Segundo Jussara, seu filho teve muitas dificuldades para se alimentar e se comunicar no primeiro dia, mas já conseguiu falar com ele. "Ele foi preso naquele dia, mas só consegui ter notícias dele no domingo. Ele não recebeu comida no primeiro dia, mas agora já está recebendo alimentação", conclui a mãe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário